19:55

acordei com vontade de nós
lembrei do motivo de ser só eu
e, num suspiro levemente aliviado,
desatei

registro de um devaneio

19:49

[tô com essa ideia na cabeça e precisava registrar.]


o que é a morte se não o esquecimento?
a vida é o quanto conseguimos guardar dela
nós somos o que conseguimos lembrar de nós mesmo
(e, para os outros, o que eles lembram de nós)
daí o "elvis não morreu", né? pelo menos eu acho que tem tudo a ver
uma teoria tão clara numa frase tão popular
uma teoria, sim. porque, sei la, pode ser que a morte seja outra coisa totalmente diferente

17:48

a poesia me salva da mais completa insanidade (ou seria ela minha própria redenção à loucura?) - falo comigo mesma e não chego a conclusão alguma sobre esse assunto.


texto: isabella mariano
desenho: juane vaillant

22:19

foi tipo uma explosão
só que um pouco ortodoxa - por conta dos rituais
mas foi grande o encontro
as ideias, elas se encostaram
daí saiu uma faísca somente, no início
ninguém pensou que fosse grande coisa
ninguém mesmo, nem eu
as luzes estavam quase se apagando
quando no instante um barulho
aconteceu
é, ele, de fato, aconteceu
o verbo é exatamente esse
sim, sim
exatamente esse
.


Isabella Mariano

Blog com conteúdo autoral da escritora Isabella Mariano.

Conheça meus livros!

Saiba mais clicando aqui.