deixa, deixa

23:56

e a casaca me contou que na rua naquela rua que a gente ia quando pequenos tá tendo agora gente no chão rolando com dor sem dente criança catarrenta puxando com a mão suja a barra da saia da mãe que faz um escambo com um cara chique la da grande vitoria só no nome porque não é vitoria nenhuma uma casaca que me conta tanta tristeza e eu fui la no centro onde tudo acontece onde gato morre igual gente e fui pescar acabei pescando um homem que nem quis mais vi o sol nascer e morrer um cara foi preso porque era preto, gay, nordestino e pobre e depois eu que sou multi multicultural um velho sentou do meu lado lá perto da estação e disse assim com uma casaca na mão que o mundo tava acabando que Deus tava voltando e eu que já nem sei mais quem eu sou fiquei sem saber o por que do como e do onde que você não veio aqui me ver naquela tarde fria do domingo aqui no santa marta, cê tá me enrolando

3 comentário(s)

  1. Bom guria! Bom... E olha que eu sou meio exigente quanto a leitura... Mas, gostei muito! Vou seguir o teu blog pra ver se tu escreve sempre assim: - Diferenciada!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. rápido como um gatilho espreitando o mundo através de suas balas voando despreocupadas

    ResponderExcluir

Isabella Mariano

Blog com conteúdo autoral da escritora Isabella Mariano.

Conheça meus livros!

Saiba mais clicando aqui.