Você

10:52

Quis te descrever

Não sei, parei
Era assim em mim
Palavras mudas
Cobertas sujas
Pensei em repetir
Odiei, destruí
Porque você era
Tudo em mim que não havia
Tudo em mim que não cabia
De dizer, de escrever
Num verso só.

1 comentário(s)

  1. É em você a palavra recolhida,
    o verso refugiado,
    a rima escondida,
    o coração calado.

    ResponderExcluir

Mezzo jornalista, mezzo poeta. Minha vida é um (des)equilíbrio entre Beyoncé, Big Brother Brasil, Damien Rice, Maria Rita, feminismo, Leminski, Alan Moore e George Orwell. Isabella Mariano, 25 anos, Vitória, Espírito Santo.