rascunho

19:26

1. Ok. Vim aqui colocar tudo em palavras, porque ando meio saturada. Prefiro assim, porque num diálogo entro em curto quando o outro não consegue assimilar bem os signos e seus respectivos significados. Deve ser por isso que evito dizer tudo, deixo pela metade. Quem quiser, que tente compreender.

2. Quanto mais o tempo passa (e a vida/Deus nos permite saber), vejo como estamos desaprendendo a nos relacionar. Quer dizer, fico me perguntando se já soubemos algum dia. Me decepciona que as palavras que saem da boca não correspondam ao que faz. Antes errada, do que hipócrita, não acha? Bem, eu acho.

3. Outra coisa que não entendo é esse desejo quase incontrolável que as pessoas próximas (e até as não muito próximas) têm de controlar a vida alheia. Não digo isso relacionando a quem fica fazendo fofocas ou se intrometendo de fato, isso também acontece. Mas me refiro, principalmente, àquela chata exigência de quem quer certos comportamentos, só porque acredita que agiria dessa forma. É um ponto de vista muito egocêntrico e prepotente, eu diria.

4. Mas, talvez, eu também seja muito egoísta.

5. Enfim, se é pra celebrar a diferença, façamos isso em todos os níveis, então.

obs.: Não consegui colocar tudo em palavras.

0 comentário(s)

Isabella Mariano

Blog com conteúdo autoral da escritora Isabella Mariano.

Conheça meus livros!

Saiba mais clicando aqui.