23:26

eu me apaixono. é sério. eu me perco na minha paixão. e é perdidamente, como dizem. mas é sincero, juro. tão sincero quando o meu desapaixonar. não sei quando isso acontecerá, como poderia? mas acontece e deixo que seja, natural, como deve ser. não sei se chego a entregar meu coração. na minha cabeça, essa é uma metáfora intensa demais. para aquelas ocasiões únicas (existe isso?). só sei que acontece. e a todo momento.

0 comentário(s)

Mezzo jornalista, mezzo poeta. Minha vida é um (des)equilíbrio entre Beyoncé, Big Brother Brasil, Damien Rice, Maria Rita, feminismo, Leminski, Alan Moore e George Orwell. Isabella Mariano, 25 anos, Vitória, Espírito Santo.