23:44

ontem tava falando sobre a dor de conviver com o saber. e hoje me peguei pensando numa coisa: por que pessoas muito boas adoecem de formas tão trágicas?

cheguei a uma conclusão óbvia: não sei. talvez, não haja resposta para essa pergunta. talvez, não seja essa pergunta a ser feita.

aceitei minha ignorância. continuei triste, mesmo não sabendo.

preciso elaborar melhor.

0 comentário(s)

Mezzo jornalista, mezzo poeta. Minha vida é um (des)equilíbrio entre Beyoncé, Big Brother Brasil, Damien Rice, Maria Rita, feminismo, Leminski, Alan Moore e George Orwell. Isabella Mariano, 25 anos, Vitória, Espírito Santo.