01:22

o coração cambaleava
a passos lentos
zonzo da correria que era
ser, ter e não ter mais
ou não ser mais

às vezes, desandava
ziguezagueava
esgueirando-se nos becos da cidade
e, tomado por tamanha ebriedade,
dormia

tentava dizer, mas não falava
"vaidade das vaidades"
e doía, contorcia-se
desequilibrava-se em suas acrobacias
depois, caía

veja bem, querido, eu te descrevo
um pretérito aparentemente perfeito
no qual eu caía, ele caía e nós também

imagino, agora, neste instante
o presente e seus duplos sentidos
quando eu vou, você vem

e a gente fica

2 comentário(s)

  1. viajei junto
    fiz ziguezague
    senti saudade
    tá tudo lindo

    ResponderExcluir
  2. hahaha vc por aqui
    saudade sempre, rafa!
    obrigada pela visita :*

    ResponderExcluir

Isabella Mariano

Blog com conteúdo autoral da escritora Isabella Mariano.

Conheça meus livros!

Saiba mais clicando aqui.