troca poética

00:02

quando li seu poema
quis transcrevê-lo
com meu lápis, no meu papel
quis fazer dele meu
quis transformá-lo
transumi-lo
transviá-lo
transcendê-lo, enfim

perceba
quis não que fosse pra mim
- como você bem o fez -
mas que fosse exatamente meu

para que pudesse ser
finalmente
de mim pra você

2 comentário(s)

  1. eu sou fã desse. sensacional, negabella. sempre que leio, releio :)

    ResponderExcluir
  2. vc é meu único leitor assíduo-ocasional, cain <3 brigada!

    ResponderExcluir

Mezzo jornalista, mezzo poeta. Minha vida é um (des)equilíbrio entre Beyoncé, Big Brother Brasil, Damien Rice, Maria Rita, feminismo, Leminski, Alan Moore e George Orwell. Isabella Mariano, 25 anos, Vitória, Espírito Santo.