20:53

ela me olhava
às espreita
astuta e lúbrica
pequena e cintilante
presente nos olhos de quem via
de quem se via no espelho

lá estava
aonde?
ao redor
como quem brinca
de ciranda, cirandinha

pra minha sorte
decidiu voltar

parecia sorrir
mas não sei, não vi

estava tão próxima
alerta e vigilante
esperando pelo fim
da próxima emboscada

0 comentário(s)

Mezzo jornalista, mezzo poeta. Minha vida é um (des)equilíbrio entre Beyoncé, Big Brother Brasil, Damien Rice, Maria Rita, feminismo, Leminski, Alan Moore e George Orwell. Isabella Mariano, 25 anos, Vitória, Espírito Santo.