Nascimento

00:07

No fogo de uma paixão,
Surge uma poeta
Um poeta
Quanta identidade
Nas cinzas desse amor
Renasce. Fênix literária
Aprendeu a escrever
Com dois pingos de calor

2 comentário(s)

  1. O maior e melhor alimento de um poeta é o amor...intenso!

    Letras para nutrí-lo...ou para arrancar uma dor...

    Me visite:
    http://degustacaoliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Dois pingos de calor? I-n-s-t-i-g-a-n-t-e!!! Mucho bão!

    ResponderExcluir

Mezzo jornalista, mezzo poeta. Minha vida é um (des)equilíbrio entre Beyoncé, Big Brother Brasil, Damien Rice, Maria Rita, feminismo, Leminski, Alan Moore e George Orwell. Isabella Mariano, 25 anos, Vitória, Espírito Santo.