Isso!

02:27

- Lembra quando eu te dei aquele trevo de quatro folhas? Demorei tanto para achar...

- Não.
- Duvido. Você faz isso o tempo todo.
- Isso o quê?
- Ah, isso. De fingir que não se importa.
- Não estou fingindo, só não lembro.
- Continuo duvidando. Afinal, é esse o seu jogo, você adora isso.
- Ah, e você faz isso o tempo todo.
- O quê?
- Diz o que pensa.
- E te incomoda?
- Bom, às vezes.
- Sério?
- É que eu gosto de algumas coisas escondidas, esperando para serem descobertas...
- Então eu não estava errado.
- Talvez...
- De novo!
- Pára com isso.
- Por que eu deveria? Você sabe que eu adoro isso.
- Ok. Aquela merda daquele trevo está guardado numa caixinha de vidro, até hoje. Satisfeito?
- No superlativo, ainda.
- Você é péssimo.
- E eu te amo.
- Também.

0 comentário(s)

Mezzo jornalista, mezzo poeta. Minha vida é um (des)equilíbrio entre Beyoncé, Big Brother Brasil, Damien Rice, Maria Rita, feminismo, Leminski, Alan Moore e George Orwell. Isabella Mariano, 25 anos, Vitória, Espírito Santo.