23:34

eu sou pouco
nunca serei muito
é que me apego nesse meu tamanho
coisa miúda que sou
sambo baixo pra não atrapalhar
tenho medo de entrar onde não me é familiar
bi-cho do ma-to, mas nem sempre
há certa força na minha pequeneza sim
mas também é pouca
admito sem medo
até porque quem vai ouvir?
eu, só, sou quase nada
carrego comigo a certeza de ser assim
um pouquinho de nada
partícula leve de poeira
pedaço de brisa
que volta e meia
faz a fruta cair do galho

0 comentário(s)

Isabella Mariano

Blog com conteúdo autoral da escritora Isabella Mariano.

Conheça meus livros!

Saiba mais clicando aqui.