Correria

23:05

Sempre achei que o ser humano fosse uma verdadeira piada, mas nunca tive tanta certeza quando me peguei olhando uma formiga andar por ai durante uns minutos e sem pensar em nada, só deixando meu cristalino focalizar as imagens da pequena vivente em movimento. Mas graça está em como somos tão contraditórios.
Na esperança de sair dessa inércia que me corroía até as cordas vocais, dei um salto e nesse salto arrajei milhões de compromissos. Não que eu não tivesse metade deles, mas num dado momento ficou sobrecarregado e me pareceu que tudo o que eu já vinha fazendo, era demais. Mas se eu analisar bem, eu adoro fazer tudo isso que faço e olha que incrível: fazer o que se gosta é maravilhoso, mas fazer demais cansa. Hahaha (Vai dizer que não deu nem um sorrisinho irônico?).
Não é legal reclamar, porque reforça a idéia de cansaso e cria-se um ar desagradável quando se está fazendo. Determinação é essencial, já que se de alguma maneira o que eu faço tem a ver com o que eu quero fazer daqui um tempo. Bom... Pelo visto aprendi a investir em algo.
Mas o problema é na hora de mudar os hábitos. Nada de durmir após almoço, nada de durmir tarde (a não ser se for para fazer o que se deve), nem faltar compromissos por cansaço. Nas horas vagas: reforçar o que irá fazer depois. E quando vejo, não consigo fazer nada disso. Ai Papai, é muita confusão.
E cortando o assunto, pois sei que poderia extender muito mais (mas a hora tá pegando). O tempo passa rápido quando não quero assumir certas responsabilidades, mas passa tão devagar quando espero a benção chegar. Mas Papai é justo. Papai sabe o que faz.

0 comentário(s)

Isabella Mariano

Blog com conteúdo autoral da escritora Isabella Mariano.

Conheça meus livros!

Saiba mais clicando aqui.