A paixão dissertada

19:06

Diz-se de apaixonado, quem é dominado pela paixão. Quando perdemos o completo controle para algo que nós mesmo criamos. Perdemos o controle para nós mesmos. Um imenso paradoxo, totalmente, aceitável para quem já sentiu.
Durante anos, acreditei que paixão estivesse desvinculado, de uma vez por todas, do tal do amor. Quase opostos. Devido ao fato de ter visto tantas tragédias em função da paixão.
Todavia, caríssimos, a vida me deu um ensinamento muito mais valioso do que aquele que eu acreditava.
Paixão é um sentimento em excesso. Na verdade, é amor em demasiado. Tendo em vista que amor é o conjunto de tudo o que há de bom, com o elemento x, extra na mistura, concluímos, então, que paixão é bom até demais.
Tão bom que pode confundir o ser humano. Afinal, a sementinha do mal está implantada no nosso coração. Nascemos chorando e chamando a atenção. Fulos da vida por ter que aprender a respirar levando um tapa. Crescemos egoístas, tomando posse de todo ser ou coisa existente. Até um certa idade, isso é bem aceito. Quando os anos passam, a gente vê que a vida é uma escola e acaba aprendendo. Sem esquecer que tudo tende às más ações.
Ah, mas agora vocês já devem estar discordando de mim e irão comentar suas opiniões formadas e seus pré-conceitos. Antes de qualquer coisa, quero dizer-lhes que tenho uma essência pecaminosa (perversa). Contudo, sou uma pessoa boa, porque sou apaixonada.
A paixão libera dentro de nós algo que nunca pensaríamos sentir. Exalamos coisas boas e agimos para o bem. Conheço pessoas que não são apaixonadas e vejo o resultado desse desastre. É terrível.
Quando você sorri para alguém na rua, é a paixão pela alegria que impulsionou sua ação. Quando ajudamos alguém, ocorre devido a paixão pela amabilidade. E assim vai.
A paixão, ou o amor em excesso, é que implica no funcionamento do bem. Exatamente por isso que sou apaixonada pela vida, pela alegria, pelo amor, pela partilha, pela compreensão, pela solicitude, pela amizade, pela união, por Deus, pela humanidade, pelo toque...
É o que eu desejo à você, amados, sejam apaixonados por tudo o que fazem. Apaixonem-se pelos seus sonhos, pela sua família. Amem demais seus amigos e amores. Sejam eternos apaixonados para não cooperarem para o mal, que traz consequências irreversíveis.
Não sejam auto-destrutivos e contribuam pela vida!

4 comentário(s)

Isabella Mariano

Blog com conteúdo autoral da escritora Isabella Mariano.

Conheça meus livros!

Saiba mais clicando aqui.