Saulo

16:11

tua saudade ainda me habita
como os nomes habitam as ruas
incapazes de se redizerem

recebi tua ausência
e depois de um longo curso
quis tê-la mais como dádiva
e menos como maldição

tua falta me leva a buscar
em lugares outros que não os nossos
em outros rostos, outros tempos
ainda que vazios do teu riso
ainda que manchados de alguma dor

tua saudade me faz seguir buscando

0 comentário(s)

Mezzo jornalista, mezzo poeta. Minha vida é um (des)equilíbrio entre Beyoncé, Big Brother Brasil, Damien Rice, Maria Rita, feminismo, Leminski, Alan Moore e George Orwell. Isabella Mariano, 25 anos, Vitória, Espírito Santo.