Esquece, todo mundo enlouquece

00:13

Uma convulção de gritos
Um oceano de lágrimas
Um terremoto de risos
O exagero cria a graça
A poesia, a paixão e o artista
Que ri, chora, ama e grita
Tudo ao mesmo tempo,
Sem querer saber o fim
Nem de onde começou
Pulsivo, impulsivo
É quem quer ser assim
Que contradiz, que sobrediz
Que neologia - é verbo.
Não se escandalize, porque...
Esquece, todo mundo enloquece.

1 comentário(s)

Mezzo jornalista, mezzo poeta. Minha vida é um (des)equilíbrio entre Beyoncé, Big Brother Brasil, Damien Rice, Maria Rita, feminismo, Leminski, Alan Moore e George Orwell. Isabella Mariano, 25 anos, Vitória, Espírito Santo.