Prévia sem-graça de uma revolução

00:56

- Vamos cometer alguns crimes, nessa noite, Jack.
- Tentar conquistar o mundo?
- Não. We will try to save the world. Em outra língua pra ninguém descobrir.
- O que você tem pensado, Booter?
- Me chame pela inicial, J.
- Ok, B. Qual o plano A?
- Matar o presidente da república.
- O quê?? Pirou? Essa brincadeira tá indo longe, anos-luz daqui.
- No jokes now, J. Uma metralhadora resolve tudo.
- Não!! Plano B, agora..
- Kill the primeiro ministro
- O QUÊ? Nem sei qual o nome dele, fala sério
- É, realmente... Não é culpa dele a fome no mundo
- Passa pro plano C.
- Yes. Aniquilar o presidente do senado.
- Bem, aniquilar não é tão drástico assim, né?
- É o mesmo que matar ¬¬
- Ahhh! Então, não. Para com isso, você está me assustando.
- Tá, tenho mais um plano.
- MAIS?
- Caaalma. Plano D é matar todo mundo.
- É... Mesmo com morte essa é a ideia mais sensata e cômoda. Sem pessoas = sem crimes = paz. Ufa!
- Então, vamos?!
- Nãoooo. Agora que me toquei, matar todos inclui nós dois. Não aceito.
- Ahhhh assim não dá pra fazer nada pra melhorar o planeta
- Acho melhor continuar lendo meu jornal.
- Ok, deixa pro dia 7 de setembro que voltamos a planejar.
- Tá bom, Booter. Você tem até a letra Z, depois disso esgotarão-se nossas esperanças.
- Isso, Jack. You're a genious!

3 comentário(s)

  1. Medo do que se passa na sua cabeça. +D

    ResponderExcluir
  2. Pequenas e espertas sátiras nas entrelinhas. Tente ler :*

    ResponderExcluir
  3. Ai que pretenciosa eu. Desculpe.

    ResponderExcluir

Mezzo jornalista, mezzo poeta. Minha vida é um (des)equilíbrio entre Beyoncé, Big Brother Brasil, Damien Rice, Maria Rita, feminismo, Leminski, Alan Moore e George Orwell. Isabella Mariano, 25 anos, Vitória, Espírito Santo.