S&J

21:21

É difícil e quase que impossível (diga-me que consegue) desprender-se do passado. São tantas lembranças, detalhes, decepções e conquistas que nos fizeram crescer como pessoa. Coisas que acompanham nossa infância, adolescência, velhice (enfim) e que nos marcam. Programas televisivos, músicas, bandas de rock'n'roll ou daquelas famosas que todos curtem. Uma dessas foi a dupla Sandy & Junior que me marcou muito. Não digo como se tivesse trinta anos de idade, mas pelo tempo que durou, foi intenso. E todas as músicas eu tinha a capacidade de encaixar no momento adequado. Tô com preguiça de terminar o texto. Só sei que já sentia falta da dupla, porque nunca eles voltariam a ser o que foram para mim quando menor, nem se estivessem juntos ainda. Mas enfim, fará falta de qualquer forma.

0 comentário(s)

Mezzo jornalista, mezzo poeta. Minha vida é um (des)equilíbrio entre Beyoncé, Big Brother Brasil, Damien Rice, Maria Rita, feminismo, Leminski, Alan Moore e George Orwell. Isabella Mariano, 25 anos, Vitória, Espírito Santo.