Oeste

15:21

Eu quero o meu homem.
Para me dizer coisas de amor.
E me fazer sorrir.
Para não me deixar entristecer
Quando eu quiser ser o que quis e o que quererei
Ele me deu asas, mas esqueci como usá-las

Quero meu amor para me libertar
Não chorar a sua ausência
Só sorrir a sua presença
E me abandona
E me larga com a saudade
E me mostra a dor

Quero meu amigo
Ele me namora às escondidas
É tão bom.
Me ensina a amar um amor tão diferente
Me trata como uma beata,
Santa,
Mulher,
Menina.

Quero meu amor para me salvar
Dessa insensivel certeza de que
Vivo sem meu menino
Quero que ele se vá
como vai o inverno,
mas volta quando preciso.

Que me destrua os sonhos,
Que retroceda a infância,
Que me traga o ardor na pele,
Mas não me deixe sem um porquê!

0 comentário(s)

Isabella Mariano

Blog com conteúdo autoral da escritora Isabella Mariano.

Conheça meus livros!

Saiba mais clicando aqui.