Revolución

13:26

Acalmem-se, jovens. Nada está perdido, pelo contrário. Estamos crescendo e daqui há pouco, aqueles velhos morrerão. Só estarão em livros de história ou debaixo da terra. Não vai ter nem pra Ditadura militar, nem pra Cominismo Marxista, só vai sobrar amor. Vamos viver em liberdade. A arte vai regir o mundo. Poderemos viver como índios ou na Lua. Escolas serão circos; Igrejas, ambientes para Saraus; Bancos doariam sangue e sorrisos. Tudo será alegre em passos sorridentes. Desde que não nos tornemos velhos como aqueles que lutamos. Teremos que ser jovens para sempre e aí sim ...

0 comentário(s)

Mezzo jornalista, mezzo poeta. Minha vida é um (des)equilíbrio entre Beyoncé, Big Brother Brasil, Damien Rice, Maria Rita, feminismo, Leminski, Alan Moore e George Orwell. Isabella Mariano, 25 anos, Vitória, Espírito Santo.