03:48

finjo saber que sou muito
e engano o espelho
com certa maquiagem
finjo dizer que sei tanto
pra espantar o choro
de um coração selvagem
que chora penoso e sem gosto
ao ver minha dor tristonha
e larga ao chão
a breve alegria
da vida rica
da vida branca
da vida em cifrão

0 comentário(s)

Mezzo jornalista, mezzo poeta. Minha vida é um (des)equilíbrio entre Beyoncé, Big Brother Brasil, Damien Rice, Maria Rita, feminismo, Leminski, Alan Moore e George Orwell. Isabella Mariano, 25 anos, Vitória, Espírito Santo.