Eu, circo

14:38

Cadê a tua trupe?
Vai, não me disse que quer ser artista?
Vai e dança. Mostra teu sotaque atuado.
Interpreta a dor e canta os movimentos.
Confunde tudo numa coisa só.
Confunde tudo o que é bem e bom.
Porque dessa maneira não tem problema.

Pinta o rosto com as tintas do amor.
Age como palhaço na noite,
E diz como poeta apaixonado.
Usa as vestes de linho esperançoso.
Sê tu teus sentimento
E serás feliz.

0 comentário(s)

Isabella Mariano

Blog com conteúdo autoral da escritora Isabella Mariano.

Conheça meus livros!

Saiba mais clicando aqui.