Platônico

19:13

Quis tanto ler
Sobre o que tu pensas
E se pensas
Será que sou eu
Quem danço lá?
Que estou lá?
Quando de cá,
Te esqueces
Se mente
Sem mente
De mente
É sobre o que tu dizes

Quis tanto ouvir
Dos teus sinais
E se virou lei ou lenda
Teu amor, eu sei, é assim
Puro e rubro que em mim
Fez ferida e morada

Quis tanto dizer
Para ver e até ser
O que já nem sei
E falta não faz
Quis durmir onde tu, de lá, te apartou.

1 comentário(s)

Mezzo jornalista, mezzo poeta. Minha vida é um (des)equilíbrio entre Beyoncé, Big Brother Brasil, Damien Rice, Maria Rita, feminismo, Leminski, Alan Moore e George Orwell. Isabella Mariano, 25 anos, Vitória, Espírito Santo.